sábado, 19 de junho de 2010

Sad veiled bride, please be happy.

"Eu perdi o meu medo da chuva. Pois a chuva, voltando pra terra, trás coisas do ar." 
                                                                     Raul Seixas 


Era para estar chovendo, hoje. Em quase toda a região a chuva chegou, menos aqui. Eu, particularmente, adoro chuva. Quando chove, gosto de ficar dentro de casa, ou escrevendo ou lendo algo de bom. Isso evita pensamentos impróprios. Quando faz sol, fica muito claro e na maioria das vezes afeta a minha visão das coisas. Prefiro o escuro. Prefiro ver as gotas d'água atingirem a minha janela, prefiro ver a solidão das ruas levadas pela enxurrada. Chuva, instintivamente, representa uma tristeza. Para mim, ela significa ficar mais dentro de si mesmo, mais conhecedor do que você é. Algumas vezes, me perco fazendo isso. E muitas outras, tenho medo até de começar. Essas coisas meio sem sentido, meio avassaladoras, meio surpreendentes demais são como uma porta de chegada à um abismo perigoso. Ainda não sei se vale a pena pular, mas também não sei se vale a pena ficar apenas vendo todo mundo atravessar essa ponte que nos leva ao desconhecido e eu ficar para trás por medo de que talvez essa ponte parta-se ao meio enquanto eu a atravessar. "Foda-se", diz uma parte de mim. "Você está disposta a se machucar de novo?", pergunta-me a outra parte. E então eu fico outra noite esperando a chuva, que talvez quando caia, me traga uma resposta. 

7 comentários:

  1. Também gosto de recolher, de entrar em contato comigo mesma, ao som da chuva. Gosto de chuva, ao contrário da maioria das pessoas. Ela me acalma.
    Sinto o mesmo em relação a claridade, penso e escrevo melhor no escuro. A claridade, como disses, afeta minha visão das coisas.
    Há tempos eu não comentava por aqui, desculpe-me. Tenho andado atarefada com as coisas do colégio.
    Enfim, beijos, @pequenatiss.

    ResponderExcluir
  2. ""Foda-se", diz uma parte de mim. "Você está disposta a se machucar de novo?", pergunta-me a outra parte. E então eu fico outra noite esperando a chuva, que talvez quando caia, me traga uma resposta."

    Parece até que está falando de mim, infelizmente, como parece.

    ResponderExcluir
  3. Chuva,tb gosto e me sinto assim como vc.Me recolho,leio algo bom,escrevo.
    Só temos q ter cuidado para não ficarmos presas dentro de tudo isso.
    :*

    ResponderExcluir
  4. adoro chuva quando eu estou em casa, abrigada. mas ela é realmente linda, quando não vem em excesso, parece que purifica, limpa. não sei se traz respostas, mas traz duvidas, perguntas. espero que quando chover, traga o que você precisa. beijos

    ResponderExcluir
  5. Fico com a primeira opção garota. Também em mim a chuva faz esse tipo de coisa, mas no final, sempre ouço a parte de mim que diz: Foda-se. E sou, nesses momentos mais feliz.

    Beeejo. :)

    ResponderExcluir
  6. Não que eu goste da chuva. Eu gosto de frio. Acho que sempre fui assim, meio termo.

    ResponderExcluir
  7. Eu curto a chuva também, ela nos leva mais para dentro de nós mesmos...

    Bjs =)

    ResponderExcluir

Talk talk talk / Don't you know where you want to go /
Start something new, that you know where you want to go