segunda-feira, 7 de junho de 2010

A lot of thing to say nothing.

"Ela nunca ia muito longe de sua casa. Ela leu sobre pessoas que nunca poderia ser. E aventuras que nunca poderia ter."                                      Pushing Daisies



Certa vez, eu vi um anjo. Ele nem era assim muito bonito, sabe, era até comum demais para que eu o denominasse um anjo. Não era o mais bem vestido, não era o mais alto nem o mais magro. Mas ele brilhava mais do que os outros. E talvez não soubesse disso. Mas ele fugiu. Talvez estivesse assustado demais para qualquer movimento estranho. E eu também. A maior parte da minha vida, eu passei dentro de casa. Gostaria de dizer que fora rodeada de livros, mas meus pais nunca ligaram muito para isso. Talvez e provavelmente tinha um medo de que, ao doar-me muito, além da conta, eu não poderia receber a mesma coisa em troca. E pra falar a verdade, nunca recebi. Sempre gostei de fantasiar esses pequenos momentos, essas aventuras, essa vida exaltante. Desde muito nova, sempre gostei de inventar histórias. Vivi por muito tempo uma vida que não era minha. E nem sei se ainda vivo. Há momentos em que afastamos assim essas pessoas menores, meio que aos poucos, primeiro tirando-as da sua lista de natal, de aniversário e afins. Depois, percebo que não sobrou quase ninguém. Nada mais do que flores estranhas no meu jardim.

P.S.: Agradeço à Cristina Moura do blog sei lá, sabe por mais esse selinho. Muito obrigada a ela e a todos que me presenteiam com esses selos lindos. 
Regras:
1- A maior bobagem que você já fez?
Me arriscar por alguém que não valia a pena. 

2- O que os outros consideram bobagem e você não?
Ler.

3- Indicar o selo para 5 blogs:

No meio de tudo você;
Aqui dentro tá um caos, deixa passar...;
NEON STAR
Meu lado escritora
PLAY OR STOP.


8 comentários:

  1. Ameii esse texto, muitoo lindo =]

    ResponderExcluir
  2. Nossa muuito obg pelo selo *---* !
    Adoro teu blog . beijos

    ResponderExcluir
  3. Adorei. Como sempre, pare que você está falando de mim. Beijos

    ResponderExcluir
  4. Também recebi o selo e ainda não tive tempo de postar!
    Lindo texto, viajei lendo. As vezes por medo renunciamos muita coisa. As vezes é preciso se arriscar.

    ResponderExcluir
  5. Voooocê é uma linda, Obrigadaaa mais uma vez!


    Texto maravilhoso *-*

    ResponderExcluir
  6. Vc se conhece. ;)
    É uma qualidade que nem todos possuem...

    ResponderExcluir
  7. Oow, que lindo que tá o blog.
    Desculpa minha ausência aqui.

    Beeejo. :)

    ResponderExcluir
  8. Jaci! Muito, muito obrigada pelo selo!
    E desculpa a demora pra agradecer.. andei ausente dos blogs por um tempo! ^-^
    Beijo grande!

    ResponderExcluir

Talk talk talk / Don't you know where you want to go /
Start something new, that you know where you want to go