domingo, 4 de dezembro de 2011

Em um buraco no chão vivia um hobbit.


Dizem que depois de certa idade ser aficionado por alguma coisa é apenas perda de tempo. Mas o que não consideram sobre isso é o amor que você pode adquirir por tal coisa. Amar profundamente uma história e seus personagens vai muito além de ser fã. E então, um dia, eu encontrei a passagem secreta. Fui parar diretamente nos longos e verdes campos da Terra-média e lá encontrei pessoas que por mais que me digam que não existem, que apenas são fruto da imaginação desenfreada de um simpático senhor sul-africano, se tornaram minhas melhores amigas. A sensação, à primeira vista, foi de ter achado, depois de longos anos de procura, o meu verdadeiro lar. Quando eu era criança sempre esperava que algum dia alguém viria e me levaria para além do que se pode ver, onde meu verdadeiro e único lugar no mundo estaria à minha espera. Um lugar que mesmo depois de tantas guerras, consegue ter as terras mais bonitas do universo. Recebi a hospitalidade dos elfos, ouvi as gloriosas histórias dos anões, lutei ao lado dos homens de Gondor e Rohan e cantei e dancei nas animadas festas dos hobbits. Todos eles foram meus amigos quando ninguém mais foi, e me ensinaram coisas que me fizeram ser o que sou hoje. Boas histórias são as que conseguem nos fazer absorver algo delas para usarmos em nossas próprias vidas. Tudo o que o sr. Tolkien nos deixou sobre lealdade, amizade e perseverança faz parte de um legado que será sempre passado de geração em geração, não importando o quão criticadas e ridicularizadas suas histórias sejam por alguns. Gostaria de poder tido a honra de conhecer a pessoa que mais admiro em minha vida, Sir John Ronald Reuel Tolkien, para dizer o quanto sou grata por tudo o que suas histórias fizeram por mim. Podem se passar 60 anos e eu ainda vou saber o nome de cada personagem, cada reino, cada floresta. Podem fazer qualquer comentário pejorativo sobre O Senhor dos Anéis que só me fará amar mais essa história. Sinto que agradecer muito nunca será o suficiente para dizer o quanto eu me sinto única e especial por ter sido arrebatada pelas aventuras da Terra-média e de seus habitantes. As palavras de J.R.R. Tolkien são sobre qualquer criatura poder salvar o mundo se continuar seguindo em frente sempre, independente dos obstáculos que colocam à sua frente. Sobre ter a coragem de carregar um fardo que não era seu, sobre ser amigo de alguém mesmo quando ela não merece tal amizade. Não acho que alguém precise me entender ou mesmo gostar disto por minha causa, apenas que consiga imaginar a importância de O Senhor dos Anéis em minha vida. Talvez você não entenda, mas eu não me importo. Obrigada a Frodo, Sam, Merry, Pippin, Bilbo, Aragorn, Arwen, Legolas, Galadriel, Elrond, Gimli, Gandalf e todos os outros, por terem sido minhas companhias quando eu não tinha ninguém. Por me fazerem rir e me fazerem chorar, por terem me dado esperança e fé quando eu estava perdida. E obrigada ao sr. Tolkien por me mostrar que com a imaginação, você pode fazer qualquer coisa. Tudo pode ser real se você apenas fechar os olhos. Até sempre, bons amigos. 

4 comentários:

  1. Boa tarde.
    Desculpe a intromissão, mas venho hoje divulgar meu projeto paralelo de resenhas literárias, sob o título de O Leitor.
    Se puder participar, agradecemos desde já.
    Obrigada pela atenção.
    Pamela

    ResponderExcluir
  2. Isso foi...meigo. E profundo sabe,rs. De verdade. Tem livros, histórias que apenas nos "formam", nos guiam. E nos fazem apenas ser...
    ;]

    ResponderExcluir
  3. Oi! Eu tive que comentar, o seu texto é realmente muito lindo. E eu entendo sim. Eu sei como é entrar tão fundo na história que você consegue se sentir íntima do mundo criado, dos seus personagens, das suas histórias. Aqueles que não entendem como é isso, a gente só lamente mesmo.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Oi pra todas vcs!Muito bonito mesmo esse seu texto, o SENHOR DOS ANÉIS foi uma historia muito inspiradora para min também, gosto muito dessas historias, me fazem ir para outros lugares e lá estarei feliz, e longe dos meus problemas.

    Beijos para todas desta pagina!

    ResponderExcluir

Talk talk talk / Don't you know where you want to go /
Start something new, that you know where you want to go